Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar a sua experiência e os nossos serviços, analisando a navegação no nosso sítio web. Ao continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso. Pode obter mais informação na nossa página Termos de Uso e Privacidade

Braskem planeia fábrica de polipropileno nos EUA para aproveitar gás barato

Criada em: 5 junho de, 2015
A Braskem SA, maior fabricante de produtos petroquímicos da América Latina, deve decidir em breve se construirá uma fábrica no Texas ou na Pensilvânia para transformar gás natural de baixo custo em polipropileno, material usado em embalagens de plástico e autopeças.

Braskem planeja fábrica de polipropileno nos EUA para aproveitar gás barato.

A fábrica produzirá pelo menos 450.000 toneladas de resina por ano e seria o primeiro projeto de escala mundial do setor de polipropileno nos EUA nos últimos doze anos, aproximadamente, disse Mark Nikolich,vice-presidente da Braskem. Projetos preliminares de engenharia estão em andamento para a construção em unidades já existentes da Braskem em La Porte, Texas, ou Marcus Hook, Pensilvânia.

A decisão “será tomada em breve”, disse Nikolich em entrevista no encontro anual do Conselho Americano de Química em Colorado Springs, Colorado. “Estamos muito ativos”.

A Braskem, com sede em São Paulo, fundou sua unidade America com a aquisição de ativos de polipropileno da Sunoco Inc. em 2010. A companhia se transformou na maior produtora da resina dos EUA no ano seguinte, com uma aquisição da Dow Chemical Co. A perfuração em formações de xisto tem produzido abundantes quantidades de propano, um gás-líquido que é transformado em propeno e depois em polipropileno, a custos baixos.

“Visamos continuar expandindo a divisão norte-americana em um mercado que parece ter uma perspectiva bastante boa”, disse Nikolich.

A decisão do local para construir a fábrica depende em grande parte da disponibilidade de reservas de propeno, disse ele. A companhia compra propeno no litoral do Golfo dos EUA e junta e purifica o propeno de várias refinarias de petróleo em outros lugares, disse ele.

Fábricas similares

As perspectivas para uma fábrica em Marcus Hook talvez dependam de se a Sunoco Logistics Partners LP prossegue em um local adjacente com sua fábrica proposta para transformar propano em propeno, processo conhecido como desidrogenação do propano. A Dow Chemical e outras companhias estão construindo fábricas similares no litoral do Texas.

No México, a Braskem planeja iniciar a produção de etileno e polietileno no fim do ano. A resina, utilizada em embalagens de plástico e sacolas de supermercado, será feita em fábricas novas atualmente em construção com a sócia Grupo Idesa SA, no estado de Veracruz. Será a maior fábrica de etileno do México.

Em abril, a empresa decidiu adiar a construção planejada de um complexo de etileno-polietileno em Parkersburg, Virgínia Ocidental, em meio à queda dos preços do petróleo.

A Dow Chemical é uma das empresas que está construindo projetos para transformar líquidos de gás como etano e propano em etileno nos EUA.

A Chevron Phillips Chemical Co., que agendou a abertura de um complexo de etileno perto de Houston para 2017, está estudando a construção de outro projeto do tipo nos EUA ou em outro país, disse Peter Cella, CEO da empresa com sede em Houston, em outra entrevista durante a reunião.