Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar a sua experiência e os nossos serviços, analisando a navegação no nosso sítio web. Ao continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso. Pode obter mais informação na nossa página Termos de Uso e Privacidade

Investimentos de 30 milhões de euros no setor automóvel criam 200 empregos em Viana até 2020

Criada em: 15 abril de, 2016

O presidente da Câmara de Viana do Castelo revelou hoje à Lusa a instalação, no concelho, de duas empresas do setor automóvel, num investimento de cerca de 30 milhões de euros, que criarão 200 postos de trabalho até 2020.

 

Segundo José Maria Costa, e de acordo com as previsões dos promotores, as unidades fabris vão estar em funcionamento, em pleno, no primeiro trimestre de 2017, uma no parque empresarial de Lanheses e a outra na zona industrial de Alvarães.

 

O autarca socialista sublinhou que os novos investimentos "estão associadas ao `cluster` automóvel instalado do Alto Minho".

 

"Vão, por si mesmas, gerar outros investimentos atendendo que as fábricas geram outro tipo de necessidades, de serviços especializados que vão dinamizar o setor económico", frisou.

 

Além destes investimentos, José Maria Costa destacou a ampliação de duas unidades já instaladas no concelho, uma delas, de origem japonesa ligada ao setor automóvel e a outra alemã que produz fibra de vidro e que fornece a indústria aeronáutica e eólica.

 

Um dos novos investimentos agora anunciados é o da Eurostyle Systems, indústria de plásticos e borrachas, sediada na Incubadora de Iniciativas Empresariais Inovadoras, em Arcos de Valdevez.
 

A fábrica a instalar em Viana do Castelo, num lote com mais de 18 mil metros quadrados no parque empresarial de Lanheses vai dedicar-se à produção de peças injetadas de plástico para componentes da indústria automóvel, um investimento estimado em 18 milhões de euros, com a criação de 100 postos de trabalho diretos até 2020.
 

Já a Howa Tramico Automotive, grupo internacional com presença em 13 países onde emprega cerca de três mil postos de trabalho na fileira dos componentes para automóveis, vai construir uma unidade na zona industrial de Alvarães num terreno com mais de 25 mil metros quadrados.
 

O novo empreendimento integra-se "no processo de crescimento e consolidação" da empresa e representa um investimento de cinco milhões de euros, prevendo gerar um volume de negócios de cerca de 12 milhões de euros por ano e criar cerca de 70 postos de trabalho diretos e indiretos".
 

Face "à relevância do investimento e da criação de emprego" a Câmara de Viana aprovou, na quinta-feira, por unanimidade, a atribuição de benefícios fiscais. No caso da Eurostyle Systems o montante da isenção é de cerca de 10.900 euros, já a Howa Tramico Automotive vai beneficiar de 8.245 euros de incentivos fiscais.

 

IN: http://www.rtp.pt/