Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar a sua experiência e os nossos serviços, analisando a navegação no nosso sítio web. Ao continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso. Pode obter mais informação na nossa página Termos de Uso e Privacidade

Leiria – Promete revolucionar o fabrico de moldes

Criada em: 13 novembro de, 2015

Um processo tecnológico inovador, denominado “2M-BLOW”, foi apresentado pela Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Leiria (ESTG/IPL) e pela empresa Moldes RP, da Marinha Grande.

O novo processo permite a obtenção de peças plásticas com formas complexas, “através da conjugação das técnicas de injecção bimaterial e insuflação assistida por gás”, permitindo vantagens competitivas “relativamente aos processos actuais, nomeadamente em termos de custos, flexibilidade de design e de qualidade”, encontrando-se em processo de registo de patente internacional. 

Rui Pinho, responsável pela referida empresa, explicou que a combinação dos dois processos “permite obter peças plásticas constituídas por uma ou mais matérias-primas de base polimérica, retirando partido, simultaneamente, das vantagens de cada um dos processos”. 

Será assim possível “produzir peças de base polimérica com geometrias complexas e com detalhes técnicos para encaixes ou geometrias ocas, num único ciclo de moldação”, explica, adiantando que o novo sistema potencia, ainda, “a produção de diversos produtos em vários materiais termoplásticos, que podem ser utilizados em múltiplos sectores”.

Por sua vez, a docente daquele estabelecimento de ensino, Irene Ferreira, afirmou que “o departamento de Engenharia Mecânica entrou neste projecto com a responsabilidade da coordenação científica. Ficámos responsáveis pela análise da tecnologia em termos de desempenho, para identificar os ajustes necessários, para que esta obtivesse maior performance, seja em termos operacionais, seja no que diz respeito à qualidade do produto obtido”.

O “2M-BLOW” é o resultado de um projecto de I&DT, financiado no âmbito do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), promovido pela equipa da Moldes RP, com a parceria da ESTG/IPL, que ficou responsável pela coordenação científica e técnica.

(Texto escrito com a antiga grafia)

Fonte: http://pombal97.com/